20 de out de 2010

Desfilar No Paredão Provoca Arrepios

Daniela Guedes, de Francisco Morato, enfrentou o primeiro teste de eliminação do ‘Menina Fantástica’ e assustou sua mãe com a crise de choro

Daniela Guedes em pose de modelo: ela passou pelo primeiro “paredão da moda”: R$ 500 mil em contratos  
Daniela Guedes em pose de modelo: ela passou pelo primeiro “paredão da moda”: R$ 500 mil em contratos

Gláucia Mazzei
Agência BOM DIA

Daniela Guedes, 16 anos, de Francisco Morato e que fez a inscrição por Jundiaí, escapou praticamente ilesa do primeiro “paredão” do concurso “Menina Fantástica”, que vai eleger a nova top model das passarelas brasileiras e oferecer R$ 500 mil em contratos.
Ao ser anunciada como sobrevivente depois de enfrentar o voto popular, Daniela não conteve os gritos e choro.  Quem viu pela TV TEM se dividiu entre dó e estranheza.
Nervosa, ela deixou sua mãe, a dona de casa Maria de Fátima Max Marques, 37, apreensiva.  “Acompanhei como todo mundo, coração na boca”, conta. “Desde que que ela entrou na casa, não tivemos mais contato. Só a vi ali, indefesa.”
Apesar da tensão, Daniela, venceu a catarinense Carine Sacalvim e a paulista Larissa Mizuhira e continua no páreo para disputar o prêmio.
Maria de Fátima preocupou-se em ver o descontrole da filha. 
“Eu imagino que não está sendo fácil para ela ficar em uma casa com pessoas desconhecidas”, afirma. “Rezo para Deus dar a ela sabedoria e paciência.”
Daniela é a filha do meio de três irmãs, Débora, 18, e Júlia, de apenas 2.
Muito caseira, a jovem de 1,76 m de altura e 53 quilos estuda no 2º ano do Ensino Médio do Colégio Celestino, em Francisco Morato.
Vaidosa, não vai nem até a esquina de casa sem passar batom. E ela sempre foi assim. Sua mãe conta  que ainda criança Daniela já adorava usar salto e dizia que queria ser loira. “Ela gosta muito de maquiagem, de destacar os olhos e usar as unhas pintadas”, diz.
Antes de participar do concurso, a menina levava uma vida normal. Ia à escola de manhã e à tarde ajudava a mãe nas tarefas de casa e nos cuidados da irmã caçula.
Aos domingos participava da comunidade de jovens da capela Cristo Rei Rosa Mística, em sua cidade. “Ela faz leituras nas missas.”
Agora, independente do resultado, sua mãe sabe que a vida de Daniela nunca mais será a mesma. “Já mudou e estamos muito felizes com tudo o que está acontecendo.”

Daniela participa pela  segunda vez
Daniela Guedes nunca trabalhou na área de modelo, até ano passado, quando decidiu participar do Menina Fantástica e fez inscrições em Jundiaí, pela Mega Model. Ficou em 13º lugar e por uma vaga não entrou na casa.

0 comentários:

Postar um comentário